Participação nas eleições de 2010

Todo ano eleitoral é a mesma coisa: partidos/candidatos tentando convencer que são melhores que os adversários, seja mostrando seus projetos/feitos ou criticando os dos adversários. E as pessoas mais politizadas repassando para todos a informação, tentando angariar mais votos para o seu candidato. Mas como será que é a taxa de participação dos brasileiros nas eleições?

Para responder a pergunta, usarei os dados do Repositório de dados eleitorais do TSE. Neste repositório podemos encontrar 10 bancos de dados com informações de eleitorado, candidatos, resultados e prestação de conta dos candidatos. Também utilizarei as tabelas já prontas das Estatísticas Eleitorais, uma vez que nem todos os dados da eleição presidencial de 2010 estão disponíveis.

Trabalhando com amostras complexas no R: usando o pacote survey

Ao contrário da amostra aleatória simples, nos planos amostrais complexos as unidades amostrais (geralmente, pessoas) possuem probabilidades diferentes de serem amostradas quando comparadas com outras unidades amostrais e, devido a isso, todas as análises realizadas sobre amostras complexas devem levar em consideração a probabilidade de cada um dos indivíduos amostrados. Nessa postagem, mostrarei como utilizar o pacote survey, que permite a realização de inferências e análises em amostras complexas. Para tal, utilizarei os dados da amostra do Censo de 2010.